Como resolver problemas de empreendedorismo sem precisar perder a paciência

Por que às vezes, é necessário dizer “não”? E como isso pode impactar na sua evolução para aprenda investir com sucesso? Hoje, você vai ver não apenas artigo, como também um poderoso dicas que eu vou recomendar para matar seu problema de o medo!

Quando investidores desejam aprenda investir, existe uma tendência, na natureza humana, de pensarem mais nas dificuldades disso, ou seja, investidores, mas empreendedorismo não são assim tão complicadas quando se tem o caminho certo a seguir!

Saiba ser forte quando o medo acaba acontecendo! Você pode remediar!

Como em qualquer ano, títulos de investimento em Renda Fixa continuam fazendo parte da carteira de milhares de investidores. Esse tipo de aplicação permanecerá como alternativa poderosa de desenvolvimento de capital em 2018.

Com relação a essa modalidade, já acertamos em cheio ao recomendar maiores exposições aos papéis prefixados quando a taxa de juros estava em 14%. Hoje ela está em 7% e ainda pode ter quedas no ano seguinte.

Ebook Análise Técnica

Invista de forma
inteligente em 2018

Descubra 13 investimentos melhores
que a poupança

Por dentro da Renda Fixa:
em que investir em 2018?

Nesta parte do material, passaremos brevemente por diferentes tipos de títulos dessa modalidade. Acreditamos que alguns deles estarão no grupo dos melhores investimentos de Renda Fixa para 2018.

Antes de entrar a fundo em cada um dos títulos, é importante lembrar que a grande maioria desses papéis estão atrelados a três indicadores: ao CDI, à Selic e à inflação.

Essas três métricas econômicas sofreram quedas em 2017. No caso da inflação, houve desaceleração. Com isso, parte da rentabilidade da maioria dos títulos de Renda Fixa foi reduzida.

Entenda esse movimento:

1. Taxa Selic: os 10 cortes consecutivos da taxa de juros básica da economia brasileira alterou significativamente o rendimento de diversos títulos.

ZSELIC, 1D

Em 2012, o Banco Central estabeleceu um gatilho que determinou que quando a taxa estivesse igual ou menor que 8,5% ao ano, a poupança deixaria de render 0,5% + Taxa Referencial e passaria a entregar 70% da Selic + TR.

Dessa forma, quando a Selic chegou a 8,25% em setembro de 2017 ocorreu essa mudança, reduzindo ainda mais o rendimento poupança. Em decorrência disso e de outros fatores, muitos poupadores optaram por retirar seu dinheiro da caderneta e aplicá-lo em títulos mais rentáveis.

2. Inflação: uma das diretrizes de atuação da equipe econômica de Henrique Meirelles, Ministro da Fazenda, em 2017 foi o controle da inflação. Comparando ao ano anterior, fica evidente a diferença:

Inflação 2016 x 2017

3. CDI: a taxa utilizada nos Certificados de Depósito Interbancários serve de parâmetro para grande parte dos títulos de Renda Fixa existentes. Normalmente, essa taxa acompanha os movimentos da Selic. Dessa forma, em 2017, ela também foi consecutivamente reduzida:

ZCETIP, 1D

Por esse motivo, a rentabilidade geral de alguns títulos está menor do que em períodos anteriores. Entretanto, por mais que estejam entregando menos que no passado, eles continuam se mostrando como um caminho interessante de fazer seu capital trabalhar para você.

É possível que os conceitos de empreendedorismo sejam aliados na sua vida e no seu cotidiano. Deixo aqui a minha recomendação final desse dicas que você vai encontrar vários artigo sobre aprenda investir. Se colocar em prática, com certeza irá aprenda investir, saiba mais.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s