Empreendedorismo – Tudo o que você precisa saber

Você gosta de empreendedorismo? Mas gosta MESMO? Então, este artigo é para você!

Quando investidores desejam aprenda investir, existe uma tendência, na natureza humana, de pensarem mais nas dificuldades disso, ou seja, investidores, mas empreendedorismo não são assim tão complicadas quando se tem o caminho certo a seguir!

Você deve lembrar que o medo irá passar.

O Tesouro Selic é um título público disponibilizado pelo Tesouro Direto. Nessa plataforma você empresta dinheiro ao governo, e o mesmo te remunera por isso. Por ser de retorno “rápido” e muito versátil o Tesouro Selic  é um investimento preferido por muitos consultores financeiros para substituir a poupança, pois permite aplicações a partir de 30 reais.

Como o nome diz, ele remunera um valor equivalente à Selic (taxa que serve de base para os juros praticados no país).

O título do Tesouro Direto é mais indicado para quem quer ter a possibilidade de recuperar o dinheiro aplicado no momento em que você quiser, em uma emergência, por exemplo. Isso acontece porque quem investe não perde dinheiro ao vender o título ou resgatar o dinheiro antes do seu prazo de vencimento.

Financeiramente falando essa é a aplicação mais segura que existe atualmente no Brasil, porque o risco de levar calote do governo é irrisório. Quem quiser investir pode comprar e vender títulos sozinho, através da plataforma do Tesouro Direto, basta abrir uma conta em uma corretora.

Os custos de investir no Tesouro Direto incluem uma taxa de custódia de 0,3% ao ano e mais uma taxa de corretagem, que é variável de instituição para instituição (mas não costuma passar de 2%).

Vale lembrar que quanto maior o valor investido, menos essas taxas interferem no lucro final. Sendo assim vale a pena consultar instituições que não cobram as taxas de corretagem. Você pode conferir as taxas cobradas por cada corretora no próprio site do Tesouro Direto e também ver o passo a passo de como investir.

Vale lembrar que há cobrança de Imposto de Renda sobre o rendimento dos títulos, conforme o tempo que o investidor permanece com eles. A alíquota é variavel entre 22,5% (para resgates em até 180 dias) e 15% (para resgates posteriores a 721 dias). Sendo assim vale a pena deixar o dinheiro rendendo por mais de 721 dias para pagar um imposto menor.

Fundo DI

Ao aplicar em um fundo DI, você entrega seu dinheiro a um gestor (banco ou corretora) e ele toma as decisões de investimento. Nesse caso, ele só aplicará em títulos do Tesouro Direto e de bancos.

As principais vantagens de aplicar o seu dinheiro em um fundo DI são a facilidade de alguém fazer as escolhas de investimento por você e a liquidez, pois permite o resgate do dinheiro a qualquer momento.

Mas nem tudo são flores, é preciso atentar-se às taxas administrativas (que podem ser bem altas), principalmente se o seu investimento for baixo. No fim das contas, com as taxas, os fundos DI podem ter rentabilidade menor do que a do Tesouro Selic.

É preciso lembrar que, assim como o investimento no Tesouro Selic, o investimento em fundos DI gera cobrança de Imposto de Renda, que varia (22,5% a 15%), conforme o tempo da aplicação.

É possível que os conceitos de empreendedorismo sejam aliados na sua vida e no seu cotidiano. Deixo aqui a minha recomendação final desse dicas que você vai encontrar vários artigo sobre aprenda investir. Se colocar em prática, com certeza irá aprenda investir, clique em saiba mais.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s